quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Sem choro, sem lágrima

Sabe aquele papo de, quem muito se ausenta, deixa de fazer falta!
E é assim mesmo.
Estou vendo a cena se repetir, não importa de onde são
Os babacas, sempre agem do mesmo jeito!
A única diferença agora é que eu não chorei.
Doeu, mas não chegou a transbordar de dor.
Está tudo conforme o script
Muito silêncio = a merda acontecendo!
Muita ausência significa o partir de um covarde que não quer dar tchau.
Um gelo para aqueles que não aguentam o calor do sentimento alheio
Um pouco de silêncio para os que falam demais!
Um pouco de credibilidade aos que falam sobre o que não podem cumprir!
É tão ruim ver uma boa imagem se desfazendo
Não gosto da sensação de que foi tudo mentira
Odeio me sentir enganada.
É insuportável ver um fraco fugindo, mudando de ideia e saindo pela tangente, só pra não ficar mal.
E mais uma vez, vejo a história se repetindo, com apenas uma diferença: meus planos não foram deixados de lado!
Porque não importa com quem, nem quando. O que importa é que irei realizá-los, simplesmente porque a pessoa mais importante para isso ainda está de pé: eu!
O grande problema é que vou realizá-lo lembro que era pra você estar lá! Mas, não vou ficar triste por isso, pois terei a certeza de que quem perdeu uma grande oportunidade não fui eu!

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Se fazer de durona, que não sente falta, que não está aborrecida, se fazer de indiferente e querer dá o gelo, cansa e é mais cruel que sentir, chorar, exibir sua tristeza por aí.

Posar de durona é o pior que se pode fazer. Aqueles que não tem vergonha do que sentem ( e sempre sentem muito de tudo) passam por longos períodos de tristeza, arrependimento ou desanimo, mas um dia chega ao fim!

Me descobri vingativa esses dias. Em uma conversa informal descobri que guardo muita coisa para depois. Sentimentos que não vão me fazer bem algum, pelo contrário, ficarão aqui consumindo minhas energias. Já sei que meu coração não é lixeira para guardar o que não presta. Mas, muitas vezes é inconsciente. E só percebo o quanto guardei quando me pego chateada, planejando uma revanche, uma resposta bem má.

O grande problema é que essas respostas e vinganças podem nos fazer sufocar pelo simples fato de nunca acontecerem, por falta de oportunidade. Aí eu lembro daquela frase que não sei ao certo o autor "morreu sufocada pelas palavras que nunca disse". O que morre é um pouco da fé nas pessoas, da crença no amor, na lealdade, na amizade. É assim que vou me tornando fria pouco a pouco e descrentes em tudo.

Como diz um amigo recente no seu português meia boca, "pense pra você". Essa é a hora de deixar esses sentimentos de lado. Infelizmente algumas pessoas não estão preparadas para receber o bem que lhe ofertamos. Paciência. 

domingo, 1 de dezembro de 2013

Mudança de planos

Engraçado como em pouco tempo muitos planos foram desfeitos! E ao mesmo tempo tantos outros refeitos.
Eu tinha muitos planos, incluiam tantas pessoas. Algumas interessadas, outras nem tanto.
Aí bateu uma ideia, de que é melhor fazer planos contando com a única pessoa que não vai furar, que sou eu mesma! Então refiz tudo! Sei que, se depender de mim, estarei em todos. Já comecei as programações. Chega de apoiar em quem não quer ser apoio pra ninguém. Chega. Tudo tem limites, inclusive a minha paciência!

E meus planos incluem renovar o círculo de amizade, deixar de preguiça de aproveitar meus dias de folga, meus poucos e raros finais de semana. Preciso de fazer coisas novas!

Isso inclui sair sozinha, já que minhas folgas semanais são em dias úteis, ou seja, nunca tenho companhia para sair! E o final de semana não consigo pessoas dispostas a fazer alguns programas de índio! Apesar da maioria dos meus amigos não terem uma escala doida como a minha e folgarem normalmente aos finais de semana, eles sempre querem descansar mais e não topam ir para longe!

Sendo assim, me vejo obrigada a sair sozinha! E foi assim que criei coragem pra ir a praia sozinha. Foi uma experiência estranha, já que minha mente estava tentando me sabotar dizendo "volta,volta"! Mas, consegui. Passei 4h ótimas horas na praia. Claro que é ótimo ter alguém pra fofocar enquanto torra no sol. Como não tinha fiz a turista! Sombra e água fresca! Poucos mergulhos, porque não dá pra confiar 100% em suas coisas na areia sozinhas! Mas deu tudo certo. Adorei e estou esperando o próximo sol pra ir de novo.

E para fechar 2013, só uma curta viagem a tão saudosa Ilha Grande com uma colega do trabalho para relaxar, rever um lugar paradisíaco que não visito há 7 anos!!! Espero que seja uma ótima viagem, pra ficar na lembrança!!!

Então é isso! Após tanto tempo vim aqui pra não falar coisa com coisa!! 

domingo, 10 de novembro de 2013

Sempre foi e sempre será a atenção que desperdiçamos às pessoas que as tornará importantes!!

Eu me importo até demais com aqueles que eu gosto, admiro, quero bem. Só que está difícil me importar sozinha, correr atrás, esperar, esperar, esperar.

Acho que é assim que começa o processo de egoísmo, de tanto ficar sozinho em meio a multidão, passamos a ficar de fato sós e se importando cada vez menos com os outros.

Ninguém é feliz sozinho, mas ninguém é feliz mendigando atenção. Então entre um e outro, fico com o sozinho mesmo.

Só acho que não se deve dar corda pra ninguém se enforcar. Nada de falar demais, regar sonhos e alimentar esperanças. Se você não pode ou não quer cumprir com aquilo que se propôs, então guarde suas palavras e promessas. Aliás, promessa é algo desnecessário pra quem tem palavra. Isso basta para quem é confiável.

A merda toda é que eu me importo. E dói se importar quando você quer simplesmente deixar pra lá. É chato, cansa, ocupa uma boa parte da sua mente e coração que poderiam estar focados em algo especial. Fazer o que né?


sábado, 9 de novembro de 2013

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Míope

Engraçado como alguns dias tudo dói mais. Um favor não feito, uma palavra não cumprida, desejos não realizados, um pouco de descaso, as durezas da vida...

Quer seja simples, quer sejam grande fatos, uns dias doem mais que outros.

As vezes estamos mais preparados, com as armas certas, humor nas alturas e tudo vai bem.

A certeza é que as palavras morrem com o tempo, por mais que se tente mantê-las intactas, são as ações que as tornam vivas e eficazes. A distância torna nossa visão míope, sempre!!

De longe tudo perde o foco e passamos a ver o que queremos, a partir de deduções. Por mais que haja sinais, eles sempre imperceptíveis para quem sofre de miopia seletiva. 

Óculos, por favor. 

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Uma carta sem destino

Só queria dizer que não mudaria nada na nossa história. Sério mesmo. Mesmo sentindo vergonha alheia não mudaria nada! Nem mesmo a forma como nos conhecemos, dos longos papos que mantivemos. Nem o primeiro encontro tão desconcertante. Nem as saídas meio doidas e cheia de platéia, não ocultaria os micos, os looks, meu sorriso bobo, nadinha! Ficaria tudo igual. Porque a graça de tudo são as coisas que fazemos por que estamos a vontade para fazer, simples assim. 

Aquelas conversas de horas com a língua solta feito uma vitrola só foi possível porque eu estava livre de conceitos, neuras, e nem estava tão afim de você. A sua estratégia foi perfeita. Criar uma barreira me permitiu ser eu mesma sem reservas, afinal, não precisa impressionar ninguém!

E essa história que dizem que o grande erro no jogo da conquista é tentar ser outra pessoa, é verdade! Sempre tentamos ser alguém mais legal, mais admirável, inteligente, com ótimo senso de humor, que tem os comentários certos na hora certa.  Mas na verdade não somos assim. Temos momentos de tagarelisse, outros de introspecção. Dias de puro êxtase e outros simplesmente monótonos, parados onde dá uma preguiça de existir. Falamos demais, soltamos comentários impublicáveis, somos chatos, com papos chatos de aturar. Mas quando a gente gosta, nada disso tem importância.

Infelizmente, ou felizmente, não somos perfeitos. Mas, nos tornamos perfeitos como somos para aqueles que gostam de nós.

Acredite quando eu digo que me sinto íntima e completamente a vontade para ser, fazer ou falar qualquer coisa com você. Adoro o meu jeito quando estou com você, é isso que faz a diferença! O que eu sou quando você está por perto. Sou eu mesma, sem vergonha, sem amarras. E claro, você sempre faz eu me sentir querida com um olhar. 

Sigo assim, guardando na memória todos os momentos que te tornaram único. Algumas pessoas chegam para somar. Você chegou somando e multiplicando nessa matemática doida da minha vida, trouxe muito mais sorriso que tristeza, muita vida, e boas perspectivas, simplesmente por ser você e permitir que eu seja eu!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Coração abatido

Muitas vezes descobrir a verdade é   doloroso e abate o coração. Ultimamente está ficando difícil confiar nas pessoas. Tudo bem que nunca foi fácil, mas parece que está cada vez mais complicado.
Tenho visto pessoas se achando os reis da razão e não param pra olhar os próprios erros. Não percebem o quanto estão fazendo de M na própria vida e na vida alheia. Há outros que se julgam santos mas não passam de sonsos. No fundo estão só esperando a boa para dar o bote.
Nunca tive mania de perseguição ou a audácia de achar que sou alvo de inveja, talvez minha baixa auto estima não permita isso e me cegue para alguns fatos. Por não acredita tanto em mim acabo levando em conta que não há motivo para inveja ou para alguém querer me passar pra trás. Só que os dias tem me provado que não é bem assim.
Para os invejosos o mínimo se torna muito, porque eles São incapazes de realizar os próprios sonhos e alcançar o mais simples dos objetivos, então querer para si o que é do outro se torna sua meta .
Infelizmente tenho uma má notícias para estes: só há uma Bruna, uma capaz de ser autêntica, uma audaciosa querendo o que os outros por burrice não ousam sonhar. Desculpa amada, mas só há uma de mim!
Mas fica a dica: sonhe, deseje, lute, corra atrás, não fique parada feito cobra que acabou de comer, atrapalhar os bons não fará seu caminho mais fácil, pelo contrário, só te trará pedras para tropeço!!
Quando meu coração se abate, meu corpo sente, infelizmente!

domingo, 27 de outubro de 2013

Modo off

Muito cansada de correr atrás de pessoas!! Como dizem por aí, se for pra correr que seja na esteira, só assim aproveita e emagrece!

Na boa, cansada de correr atrás de amigos, affair e afins. Aos pouquinhos estou voltando a me entregar a minha cia única e simplesmente! Estou cansada de insistir, puxar assunto, me oferecer pra nada! Tudo demais enjoa.

Volto as minhas dúvidas e certezas, achismos, intuições e volto para o meu eu, com foco em mim e me torno totalmente egoísta, de novo. Não dá pra ficar mendigando atenção de ninguém. Não mereço isso! Estou sempre disponível, e talvez esse seja meu erro. Não sei por que ainda me importo...

Entrando no modo off! 


quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Amizade Virtual

Nem todos acreditam em amizade virtual. Eu acredito porque tenho um amigo à distância e de longa data. E esse amigo sabe mais de mim que qualquer outro amigo"real". Ele sabe o que me irrita e como me irritar, o que me deixa boba, o que me deixa apaixonada (rá)! Ele é chamado carinhosamente de mala e eu também sou sua mala! Adora minha morenice e jura de pés juntos que já foi (ou é) apaixonado por mim mas desencanou, e eu juro há cinco anos que é mentira (os dois casos)!

Nos encontramos pouco, mas conversamos muito. Nossos papos viram DR's de uma hora pra outra. Nosso lema é discordar para existir. Ele me faz rolar de rir com suas teorias e bobeiras a ponto de ser necessário uma ligação já que digitar "risos" não basta. Whatsapp é nosso correio. Ele é o cara que estou há 5 anos tentando convencer que é gay (não surta). O único cara que eu sempre respondo sem filtro e ele adora. Ah...ele é a maior figura que já conheci. Totalmente diferente de mim em ideias, estilos, certezas...

Um dia ainda vou conhecer minha tia (a mãe dele). E claro, se nada der certo, vamos nos casar! Apesar de já ter rolado uma DR e termos chegado a conclusão de que não daria certo!

E sim...eu acredito em amizades virtuais, em sentimentos que sobrevivem à distância e que são cheios de realidade! A diferença está no quanto as partes se importam!

Ei amigo, não chora seu mala mor! Você sabe que te amo! Ou não!

domingo, 20 de outubro de 2013

Final de semana de folga! Dois dias só pra mim! E eu só queria ficar quietinha no meu canto, fazendo nada ou fazendo o que desse na cabeça! Mas isso se torna impossível quando se divide a casa ´mesmo que seja apenas com seus pais.

De repente silêncio é desespero pra eles. Não querer fazer nada é doença(!). Sair sozinha é estranho ou tem "caroço no angu". Só queria um bucadinho de paz.

Assistir qualquer coisa desinteressante na tv e deixar minha cabeça livre. Ouvir aquelas músicas que todo mundo acha chata mas eu adoro. Sei lá. Ficar relaxada todo tempo, sem visitas (muito menos as que não foram convidadas), sem telefone tocando o dia inteiro! E aí me torno a antipática, antissocial e mais um monte de "anti-alguma-coisa". Mas eu só queria um pouco de paz. Será que isso é difícil de entender?

São esses detalhes que me fazem querer, a cada dia e com mais força, o meu espaço! Um lugar pra chamar de meu! Apesar dos baldes de água fria que meu pai vive jogando e da teoria da minha mãe que "mulher que mora sozinha não presta". Err... meus pais são bem pra frente #sqn!

Talvez tudo isso explique a minha paixão por estar na rua o tempo todo. É que, apesar de tanta gente, no meio da rua você está sozinho! Ninguém te interrompe, é só você e você!

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Hoje foi o dia do balde de água fria!! Fala sério, há cerca de uma mês que estou toda controlada na comida, malhando (ok há 1 semana que não apareço na academia), sem comer besteiras, me alimentando a cade três horas, tentando seguir a risca tudo que foi indicado pra que? Para descobrir, durante a consulta com a nutricionista, que estou exatamente 1,1kg mais magra! Putz...tanto esforço pra isso???? Fala sério!!!

Não acredito que já estou com o organismo de uma idosa que demora tanto assim para perder peso!! Em outros tempos "sequei" tão rápido, fazendo bem menos esforço!!

Fiquei tão chocada que resolvi comer uma casquinha para aliviar!!! #momentogorda

Agora falando sério, a partir de amanhã começo a seguir uma dieta até tranquila com acompanhamento da nutricionista e a fazer os exercícios direito! Tenho que deixar essa barreira de não querer ir sozinha pra academia de lado! Estou pagando os dois olhos da cara e mais um pouco pela mensalidade, não dá pra ficar marcando passo!

Amanhã, enfim, pretendo começar com as aulas de boxe! Preciso de algo diferente!!!O objetivo é um acordo comum: - 8Kg até dezembro! Além do ganho de massa muscular! Na boa..não sei não. Não vejo futuro nisso! Mas vou tentar!

domingo, 13 de outubro de 2013

Vai que dá certo...

Parecia tudo perfeito, tudo no lugar, o cara ideal no momento propício.


Boa praça, gente final, bonzinho, romântico, atencioso na maior parte do tempo, problemático em questões aceitáveis, carinhoso do tipo que quer estar perto mesmo longe. Então qual é o problema?



O problema é que ninguém é sempre bonzinho! Sempre fico receosa de pessoas que não se irritam, não se estressam, quando o mundo tá desabando não demonstra nenhum sinal de abalo. Parece que está tudo bem camuflado. No entanto, ao menor sinal de contrariedade tudo vem abaixo!


E ai, quando o calo aperta o bonzinho resolve jogar na cara tudo o que fez de bom (mesmo que tenha sido o mínimo), as pequenas coisas que abriu mão ou que julga ter sido realmente importante (mesmo que só pra ele). Então, em um piscar de olhos, o cara vai de bonzinho a egoísta, maldoso, cruel no falar. E assim, em uma conversa despretensiosa acaba com a história toda!

Tenho essa coisa de "clicks"...as vezes vai tudo bem, a té a ficha cair. Não consigo me desligar depois que noto algum defeito inaceitável. Sempre vou lembrar daquele click e do abismo criado! Daí é água abaixo. Só um passo para o fim. Só um passo para o adeus. 

sábado, 12 de outubro de 2013

Primeiro post diretamente do celular. Apenas um teste!

Pra esses dias que minha mente anda acelerada é uma boa poder postar com tanta facilidade. O problema serão os erros na escrita.
****

Tenho muitas perguntas na minha mente, muitos planos e coloca-los em prática significa abrir mão de outras coisas que acabam ganhando foco agora mas não São tão importantes assim. Definir metas até parece fácil o problema é estabelecer prioridades e deixar de lado o que te atrapalha, atrasa ou desvia do caminho!!

Precisando muito retomar meu rumo!!

As vezes tenho a sensação de que a vida passa por mim e não eu por ela. Me sinto sem objetivo e como se estivesse sendo levada pelo vento, de um lado para o outro!

****

"Não vou viver, como alguém que só espera um novo amor
Há outras coisas, no caminho aonde eu vou
Ás vezes ando só trocando passos com a solidão
Momentos que são meus e que não abro mão"

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Queria muito voltar a escrever coisas legais! Acho que perdi a inspiração. Não sei mais fazer rimas, combinar sons. Não sei mais fazer poeminhas. Anda tudo meio preto e branco. Não consigo falar de expectativas surrealistas, a verdade anda muito nua e crua me impedindo de manter minha mente longe.

Quando pego meus bloquinho para reler o que escrevi só tem coisa chata. Nem eu aguento! É isso: eu me tornei chata! Dá até medo de ser eu para os que estão chegando agora, por que pareço gente boníssima quando quero impressionar, mas a história é um pouco mais complicada.

Só posso garantir sinceridade nas minhas palavras, integridade nos meus atos, inocência ao ouvir o próximo, e por mais que eu seja desconfiada e metida a esperta, no fundo, acabo acreditando nas pessoas! O problema é: acredito em qualquer pessoa!

E por falar em acreditar, isso é uma coisa que tem me tirado do sério! Tenho pedido tanto sabedoria, pq tá "soda"!!! O problema não é fazer merda, é assumir o que faz, o que diz...assumir seus atos! Droga, não somos mais crianças para brincar de colocar a culpa no próximo! Chega disso, cada um com suas responsabilidades! Cada um que carregue sua cruz, suas incompetências, deficiências ou que quer que seja!

Essa coisa de ficar bancando a pobre coitada pra mim já deu! Jogar verde também não está colando mais. O mais engraçado é que a pessoa percebe que o papo não cola mais, até tenta insistir um pouco, mas já viu que acabou a "graça". E meu bem, quando perde "a graça", o borogodó da história, aí já era!


Mudando de assunto: esse mês foi a primeira vez que fiz na reunião de funcionários uma dinâmica em grupo. Foi bem simples e objetiva! E o resultado saiu conforme o esperado. Por conta disso, e de outras coisinhas, ganhei um elogio que me deixou feliz. Ouvir que você é a única, dentre o seu grupo de trabalho, que se esforça para ver o melhor desempenho dos colegas de equipe é algo excelente! Ainda mais para quem acredita que o conhecimento tem que ser de todos, independente do nível hierárquico, todos precisam "saber fazer", não podemos trabalhar engessados e/ou amarrados ao nosso superior. É preciso liberdade para cada um fazer o seu melhor. Se falta conhecimento, ferramenta ou meios para realização de uma tarefa, vamos providenciar!

Como já disse aqui, adoro manuais, mas nada enfadonho. Na verdade sou fã do "print" com setinhas! Não conheço meio mais prático de transmitir conhecimento rs! E visando ampliar o conhecimento da minha equipe, fiz um manual detalhado de quase toda rotina, tirando dúvidas (principalmente de sistema), com explicações e "colas" para salvá-los nos dias em que tudo dá zica!

Como estou cansada de dizer, é preciso saber o porquê de tudo! Não basta fazer no automático, não somos máquinas! E, como um disco arranhado sempre repetindo o mesmo trecho digo: vocês são seres pensantes, por tanto, pensem no que estão fazendo, usem a cabeça e não terão grandes problemas!

Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Como é difícil tentar algo novo por mais que seja simples! Se for sozinha então...dá bloc!
Estou numa luta gigante com a balança e para vencê-la preciso frequentar a academia com regularidade! Mas não tenho disciplina e nem grandes fatores motivacionais! Só eu e eu mesma! Ainda arrumei ideia de me matricular em uma top fodástica que só tem "modelo"! E agora eu me pergunto: PRA QUE BRUNA????? Só pra dificultar a minha vida!! #pqp

Pra completar há mil atividades diferentes, gostaria de fazer todas mas... a merda toda é começar uma parada que nunca fiz, num grupo todo enturmado...eu morrendo e não conseguindo acompanhar a aula! Que merda! Quero muito fazer boxe, treinamento funcional (um tal de power core) além das séries de musculação, mas até hoje não consegui começar nenhum!!!

****

E os dias vão passando e a pessoa aqui vai se dando conta que é preciso procurar outra padaria por que o sonho acabou! Vida que segue!


****

E daí que as pessoas te afastam da vida dela e depois vão chorar as pitangas por aí! Dizem que sou pé atrás, e é verdade! Sou desconfiada até a alma, infelizmente ou felizmente, não sei dizer. O fato é: não consigo me sensibilizar fácil com histórias tristes de cara.

Já ouvi "contos" do tipo: meus amigos me abandonaram quando mais precisei! Mas hoje eu sei que na verdade a pessoa deu as costas para mundo e queria que o mundo corresse atrás. Baby, não vai rolar! Não corro nem pra perder a pança, quanto mais pra aturar frescura alheia! #mepoupe

****

E então que faltam exatos 43 dias para o meu aniversário!! Sei lá hein, estou animada! Não vou fazer droga nenhuma...vai passar em branco (exceto pela enorme vontade de comprar um bolo mara de KitKat, mas isso é outra história). Como dizem, não é todo dia que se faz 28, nem 29..enfim! Aniversário é único todo ano! rs

****

E na boa...estou tentando ficar animada com outros projetos, só que de repente me parece não ser o foco dos meus dias...há tanto pra fazer, tantos projetos meus que deixei de lado que precisam ser retomados e ofuscam esses tais projetos que nem são meus. Sinto cheiro de desistência no ar...só acho...


****

Ando numa vibe de confie em si, deposite suas fichas em si. Dane-se o resto! Primeiro você, depois você e em terceiro você! Só aí, doe-se ao próximo! Não perca tempo com o que não te faz bem, não perca tempo contando seus dias a quem só quer saber por "fofoca". Já cansei de falar que "o problema é que ninguém se importa". Leve suas causas a quem possa resolver. Não se abra pra qualquer um, não se exponha, na pior das hipóteses fique quieto! As vezes ser introspectivo é o que há! Calar também é sabedoria!

****

E por hoje tem na playlist

"É, mas tenho ainda muita coisa pra arrumar
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar
Coisas minhas, talvez você nem queira ouvir..."

domingo, 29 de setembro de 2013

Como cães e gatos, sonhos e outras coisas

Ouvi uma teoria genial sobre a fidelidade dos cães e dos gatos.

Diz a lenda que: os cães são muito amigos, pois entendem que precisam do homem. Por isso, mesmo que seja muito maltratado, não perder o interesse no seu dono ou outra pessoa qualquer que o ajude. Ele não "se vira sozinho". 

Já o gato, teoricamente, não precisa de ninguém, quer seja para comer, achar um cantinho para dormir ou um pouco de água. Ele sai à procura do que precisa. E, caso a sua residência não o interesse mais, ele simplesmente, vai embora e procura algo melhor!

Fiquei pensando: quantos gatos mantemos na nossa vida? E quantos cachorros? Porque sim, há pessoas assim também, que estão por perto quando precisam e "metem o pé" quando já estão satisfeitas! 

Sei lá..só fiquei pensando..


*****

Tenho sonhado coisas estranhas. Visto pessoas que não conheço, mas conversando como se conhecesse...e por isso lembrei de um sonho muito louco que tive anos atrás (uns 6 anos atrás): eu sonhei que encontrava com um homem, que até hoje não sei quem é, e eu falava pra ele "vou casar com você"! Engraçado como eu lembro perfeitamente da fisionomia, se fosse pra fazer um retrato falado e tenho certeza de que não conheço a pessoa!

Essa semana eu sonhei com uma pessoa que não conheço, de novo! Mas eu estava perdida sem saber como voltar para casa, e essa pessoa tentava ajudar!

Muito doido esses sonhos!

*****

E quem quer tirar férias logo bate aqui o/ \o  !!!


*****

E quantas coisas descobrimos e nos deixam pra baixo? Pessoas jogando sujo, teatro na cara de pau. Há tanto para se viver, por que perder tempo com joguinhos?? #nãoentendo


*****

Enquanto isso há tantas outras que sabem te alegrar com uma palavra, uma conversa, pela confiança depositada, pelos sonhos compartilhados, pelas brincadeiras, por te ouvir... é isso que encanta!

*****

sábado, 28 de setembro de 2013

É incrível como as pessoas que deveriam alimentar nossos sonhos e expectativas, são as primeiras a jogar um caminhão de areia em cima deles!

Quantas vezes são os "estranhos" que alimentam nossos sonhos e nos incentivam a continuar?? Sim, na maioria das vezes são os de fora que nos encorajam! E é por isso que guardo pra mim mesmo boa parte do que sonho e minhas expectativas. Porque uns vão escutar e não entender, outros vão ouvir e fingir que se importam e apenas poucos e bons vão realmente levar em consideração tudo o que expus. 

Como diz a canção:



Nunca deixe que lhe digam que não vale a pena

Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo
Quem acredita sempre alcança!

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

"Do Contra"

Sempre que dizem "você não vai conseguir" me sinto muito motivada a provar o contrário! Cada não que me dizem me empurra pra frente! Dificilmente acredito nas palavras de desânimo que tentam me impor.
Só fico desmotivada com meus próprios medos e barreiras.

Sempre tem um para dizer "é tão difícil", "conheço várias pessoas que tentaram e não chegaram perto", "quero ver até quando vai durar". Pois bem, para cada palavra de desânimo eu avanço dois passos, por tanto, continuem assim, obrigada por me empurrar para frente!

Para quem está motivado, até pé na bunda é incentivo!

domingo, 22 de setembro de 2013

Muito cansada de gente que se faz de coitada! Na boa, há tantas pessoas cheias de problemas reais que estão aí lutando, firmes (mesmo que só por fora), dia a dia correndo atrás de ser feliz! 

Somos perfeitos, sadios, livres, porque se prender a um tipo "pobre-coitado-necessitado-de-atenção-constante"? Fala sério! Não tenho paciência pra isso! Porra, vai a luta, corre atrás do que te faz bem! Reaja!

Esse papo de "tô mal" sem motivo, não cola pra mim! Talvez eu não conheça a tal doença do século, mas já vi de perto alguém em situação desesperadora, sem rumo, sem noção de tempo e espaço e digo, com certeza, não é o que andam pintando por aí! Carência não é doença! Ser mimado também não!

Há tanta vida lá fora!!! Mas não, é melhor ser o pobre coitado, que só se dá mal na vida, que todo mundo maltrata!!! Não tenho saco, na boa!! Eu tento, mas não sei lidar...a pior pessoa problemática é aquela que não quer ser ajudada!

-----

Meu blog virou, definitivamente, meu confidente a "céu" aberto!!!
E foi assim, gota a gota que a paciência deu tchau
Dia após dias, como areia levada pelo vento, as palavras foram varridas
Boa parte do meu otimismo faz com que tudo pareça valer a pena
E uma pequena parte do realismo força a barra para mostrar que não passa de perda de tempo.
Aquelas duas palavrinhas que fariam a noite valer um infinito de estrelas
E nem era nada de mais, não custava nada
Mas há um joguinho de esconde aí, notei isso há tempos
Aliás, a ficha caiu com aquela dica de "não se importe"
É...foi ali!
Dizem que eu estava voando...
Sabe o que acontece? Minha mente,
Ela processa tudo muito rápido e abstraí
E depois, assim como quem não quer nada
Voltam flahs de memórias jogando luz naquele podrinho que deixei no cantinho escuro
E bem..é assim que vou ficando de saco cheio...e o coração vai tirar férias e
Deixa pedras de gelo no lugar!



domingo, 15 de setembro de 2013

E vamos nessa força! Nos dias que trabalho faz muito sol, na minha folga o tempo fecha ou meus compromissos duram mais que o esperado e não consigo fazer nada!

--------

TPM vem com tudo...me fazendo chorar porque peguei a van errada! Me deixando irritada com quase nada! Engraçado que não me torno explosiva com os outros...me torno melancólica e aborrecida internamente! E aí desabo em lágrimas! #merda #tpmmundocão

---------

E aí que estar gamadinha é uma merda porque eu não sei lidar com paixonite! Não...eu não sei querer um pouquinho, gostar um pouquinho, aceitar só um pouquinho! Quero 100% de atenção, não interessa que o mundo tá desabando aí, dane-se! E daí que está ocupado? Arruma tempo, 24h por dia é muita coisa, só preciso de 23h por dia! Não me dê ideias e depois deixa tudo pra lá!

O grande problema é que vou vivenciar isso minuciosamente e aí, quando enfim,  a realidade chegar, eu já enjoei! #sóquenão

E a nova meta: #morra que eu não tê nem aí! #mentira #calmaae #nãoébemassim

Você sempre sabe que deu merda quando já tem trilha sonora! :,(
--------

E tem muita gente confundindo grosseria com sinceridade. E isso é tão perigoso!

--------

Cheia de planos (putz..já falei isso no blog) para 2014! Isso por que no trabalho há tanto para acontecer! Muita expectativa de mais uma inauguração! Mais trabalho, novos desafios (se eu fizer parte dele...)! Após três  anos já não consigo trabalhar com a monotonia! Preciso de agito, movimento, clientes, correria! Tempo ocioso nos torna preguiçosos! 

Poxa, no período das férias, apesar do cansaço, fico eletrizada (nem sei se é esse o termo). Me sinto disposta a encarar mais um dia...e outro dia...o mês inteiro! Com a baixa, me sinto preguiçosa para trabalhar, só dá vontade de não fazer nada! Não tem platéia para o nosso show de tocar a filial! Assim não tem graça! Bom é ter cerca de 800 pessoas debaixo do "seu teto" e fazer que tudo corra bem! Nada de atrasos, nada de produtos sem qualidade! Dá um alívio quando fechamos as portas e damos "restart" para o próximo bloco de entradas! Ter a consciência de que 01h20 é o que nos separa do próximo "show"! É aí que provamos o quanto somos bons no que estamos fazendo! E sim, somos bons!

O trabalho está tão agarrado no meu sangue que não consigo frequentar o concorrente em paz! Só vou lá para fazer "pesquisa"! #triste #saidemim

----------

E em breve começa o projeto #verão2014Brunagostosa #hahaha #atéparece #sonharaindaédegraça! Sim, matrícula feita, na quarta tem avaliação física e já começo!

Até então, iria me matricular em uma academia mais furrequinha, mas pensei: "já falta empolgação para ir sozinha, ainda vou frequentar um lugar que não me agrada?"! Então, fui na top/fodástica do bairro! É salgada, mas estou empolgada com ela! Tem umas 20 atividades diferentes entre lutas, danças e atividades em grupo! OK! Certamente, só vou fazer duas, mas vai que resolvo dançar zumba?????

O objetivo é ELIMINAR de vez da minha vida esses 9kg que me abraçaram de um jeito e não querem me largar!!! Na verdade foram 14kg, mas , em quase um ano perdi 5kg. Espero perder o que falta em apenas meses né?! Mais um ano para perder não vai dar certo!!!!

Já cortei o refrigerante, que para mim é o mais difícil. Acabo tendo recaídas rs. Dei adeus ao Big Mac na semana passada! Comi o último do ANO! #força A merda toda é que aonde trabalho não tem restaurante descente! E aí, acabo ficando enamorada com o Mc. #força #força #força

Juro que estou tentando comer direitinho! Acho que os exercícios farão toda diferença! Já pude provar isso. Agora vai! Quero #sol #praia #mar #fiodental,ops #férias!

E dentro dos objetivos está: DORMIR CEDO! Preciso muito de 8h de sono diariamente!!!! (já deu errado hoje).
---------

Mais uma novidade é que estou voltando pro inglês, quer dizer, mais uma tentativa de aprender alguma coisa. Tenho bloqueio com inglês, não assimilo, não consigo falar, tenho vergonha, penso uma coisa e falo outra. Nas minhas ideias falo fluentemente (#louca) quando vou falar sai algo parecido com:

- Gud monin! (isso é sério)

Enfim! Juro que vou tentar! Só não dá para garantir nada!!!

*imagina como sai uma música em inglês? #quemerda

------

Faltam exatamente 2 meses para o meu aniversário! Só God! 2.8 e ainda não cheguei a fase adulta, aquela em que somos responsáveis, já alcançamos boa parte dos nossos objetivos, somos emocionalmente maduros e realizados sentimentalmente! Quando vou mudar de fase nesse jogo????

--------

Agora é de verdade, partiu caminha que amanhã "é dia"!

-----
Ahh...lembram daquele papo de trilha sonora? Então...
(me recuso a trocar essa versão pela da Claudia Milk)




"Não gaste palavras pra viver
De iludir, os seus sonhos tão raros com mentiras
Não maltrate o coração,
Que dedicou, ao seu sorriso as suas batidas
Será livre pra sentir
Anseios de uma paixão, a ser uma história linda

(...)

Diga que me adora
Deixe o orgulho e venha, porque já
Está na hora, da gente se encontrar e sermos um
Mas não demora, que é pra chama não desencantar
Se esvair no ar, e só restar lembrança"

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Sigo aprendendo

Há alguns anos ouvi de uma conhecido que "não é preciso saber fazer, o importante é conhecer quem saiba". De imediato achei essa teoria a maior besteira, porque eu sempre gostei de ser a pessoa que sabe fazer e todo mundo quer "conhecer". E gosto de fazer bem feito! Detesto pedir favores ou depender de alguém para fazer algo pra mim, mesmo que seja bobeira.

Talvez essa minha mania de querer ser boa em tudo que faço me dê um ar de sabichona. E por isso, tenho mania de criar "manuais". Sim...eu adoro criar passo-a-passo, explicar (por escrito) como se faz, simplesmente porque detesto explicar a mesma coisa mil vezes. 

Engraçado que não aprendo com facilidade, preciso de repetição! Gosto de entender o motivo de fazer tal procedimento, não sou robô pra fazer tudo como mandam ou explicam. Se não entendo o sentido da coisa, simplesmente não aprendo! E isso leva tempo! Mas, uma vez aprendido, eu me especializo!

E fico com a impressão de que todo mundo é assim. Ok, eu sei que as pessoas não são assim e continuo sem paciência para explicar várias vezes. Quando explico é detalhadamente e quase ninguém tem paciência para prestar atenção! Até hoje só achei uma pessoa que aprendeu mega rápido o que expliquei e achei ela o máximo!

-----------------

E cheias de planos para 2013 e 2014! Muitos estão apoiados em terceiros e isso me preocupa! Como disse acima, não gosto de depender de ninguém, nem para planejar!

Outros só dependem de mim! Mas ando com uma preguiça de existir! De fazer acontecer! Talvez seja só desânimo! Fico naquele delírio de que vou dormir e acordar com tudo resolvido! Deve ser por isso que sinto tanto sono (sqn)!

Ainda tem umas barreiras para quebrar em 2013. Talvez precise de terapia como disse um doido outro dia! Rá Rá! Quiça (sempre quis usar essa palavra ahahah) só precise de vergonha na fuça!

-----------------

E fico vendo as coisas acontecendo e repetindo pra mim "vou deixar pra lá", "não vou mais procurar", "quem vive de migalhas é pombo", e aí basta uma palavra que eu esqueço todo ódio! Vai vendo...

------------------

Música boa é assim, não dá pra parar de ouvir!

"Eu quero ver o invisível
prever o que está no ar
como previ meu futuro ao te ver passar"


segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Mais uma semana...

E lá vamos nós!!!
Mais uma semana começando, que seja de grandes realizações para todos!! Não deixe para amanhã o que precisa ser feito hoje! O amanhã pode não chegar! Mãos a obra, a hora de realizar os sonhos é agora, é já!
Não permita que o medo de não conseguir te pare!! Pelo menos tente! Se nada der certo, até o fracasso se torna lucro!!

Tenha fé, confie em você e na sua capacidade de fazer qualquer coisa, desde que tenha disposição!
É hora de aprender um pouco mais, começar a caminhar rumo aos seus sonhos, olhar para o alvo e não baixar mais a cabeça diante de nenhuma dificuldade! Se está difícil, se esforce um pouco mais!! A caminhada é dura? Descanse um pouco, mas não parece para sempre!

Um passo após o outro...não é assim que começam as grandes jornadas? 

Então...está esperando o que? Prossiga!

Beijos meus amigos!!!!!!!!

domingo, 1 de setembro de 2013

Se...

Não dá pra viver de se! O "se" não existe! É apenas uma suposição do que poderia ser e não é, não foi e não será!

Colocando os "se" em tudo que já passou fico me perguntando: o que estaria fazendo hoje se não mudasse de emprego? Quais pessoas iria conhecer se não mudasse meu círculo social? Quais seriam as histórias se continuasse na mesma?

Considerando que nossas vidas estão ligadas a outras e, assim como sofremos influências também influenciamos, me pergunto: como estariam algumas pessoas hoje, se as não tivesse conhecido? Ou ajudado? Orientado? Como seria se...

É uma bola de neve!

Realmente, não dá para perder tempo com o se...há muito futuro pela frente e muito presente acontecendo!



                                                               "Não consulte seus medos, mas suas esperanças e sonhos.                                                                 Não pense sobre suas frustrações, mas sobre seu potencial                                                              não desenvolvido. Não se preocupe com os fracassos, acredite naquilo que você ainda realizará.(Papa João XXIII)

Confiança Quebrada

Todo mundo sabe que quando uma casa cheia de crianças está silenciosa é porque estão aprontando. Quando tudo vai muito bem, dá para notar que não está tudo "tão bem" assim! Eu ainda me impressiono com cada coisa boba. Com a capacidade das pessoas em enganar. Apesar de tantas marcas, histórias e causos, eu ainda fico chocada ao tomar conhecimento de uma traição, por exemplo.

Parece que respeito, fidelidade/monogamia  saiu de moda. Aliás, há tempos. Eu que ando meio fora de moda. Pra mim ainda tem um peso enorme e faz sentido ser fiel. Pra que casar se não for para cumprir os votos? Pra que um relacionamento se for para se relacionar com todos?

Ver um amigo sendo infiel me dá vontade de não ser mais amiga, e no fundo é isso que aconteceu. Sinto uma barreira enorme entre nós. Ele sente essa barreira entre nós. Mesmo não tendo certeza, ou até mesmo não sabendo que eu sei. Eu tomo as dores, mesmo não sendo amiga da esposa. Mas é que eu sei quem ela é, como é, e que está grávida e que vive numa ilusão do "somos perfeitamente felizes no nosso castelinho". Enfim, fiquei tão decepcionada, apesar de conhecer bem meu amigo, saber que não é a primeira e não será a última! Ainda não consegui conversar com ele. Não quero falar com raiva.

Engraçado como as pessoas não pensam no peso que uma traição pode trazer para o casamento. Se acham espertos porque suas esposas não sabem. Mas o peso da traição estará sempre lá para manchar o que deveria ser imaculado.

Talvez eu ainda seja muito sonhadora de achar que existe fidelidade...ou não! Só sei que pra mim não dá essa coisa de que "homem trai mesmo", "é coisa de homem", "é normal". Pra mim, nunca será! E continuo aborrecida por tão somente tomar ciência do fato!


sábado, 10 de agosto de 2013

Ainda sobre presentes...

Eu e essa minha ansiedade por me livrar logo de um presente, resolvi antecipar o presente do dia dos pais. Já estava comigo mesmo, entreguei!!! Meu pai adorou. Um kit da linha Malbec da Boticário, ele já tinha alguns produtos da linha e gostava, então não teve erro!

terça-feira, 6 de agosto de 2013

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Presenteando!!!

Gosto de dar presentes. Até mais do que receber. Há pessoas que são fáceis de agradar, outras nem tanto. Faço parte do segundo grupo.

Acho que presentear demanda tempo, criatividade, imaginação fértil e muita, muita paciência! Mesmo que seja só uma "lembrancinha" tem que ser uma boa lembrança. O presente tem que fazer sentido.

Veja o que algumas pessoas sem noção fazem com crianças ao presentear com roupar! Nossa! Coisa mais deprimente para uma criança é ganhar roupas no aniversário, salvo as que pediram exatamente isso de presente. O mesmo vale para utensílios domésticos para as mães em seu dia e ferramentas para os pais.

E aí, que quando quero comprar um presente eu começo a pensar "o que fulano gosta?", "vai usar?", penso na cor, modelo, "combina com o que?",  será que vai repassar o presente? Entro em parafusos. Que presenteia quer agradar, porque se não for pra isso, é melhor nem gastar tempo e dinheiro.

Quando compro um presente que gosto muito ou acho a ideia genial fico super ansiosa. Quero logo entregar e não tenho paciência para fazer surpresa e/ou dramatização na entrega! Se tiver que esperar uma data específica é melhor não encontrar com o presenteado, por que das duas uma: ou eu entrego antes do tempo ou eu conto o que é!

Pra piorar a situação, não sei esperar a pessoa abrir o presente! Acho que é por isso que raramente embrulho (rsrs). Quero rasgar o papel lindo e delicado, como se já não soubesse o que está por trás dele. Pior ainda é que eu quero contar o sentido do presente, caso não esteja claro (sempre acho que não está claro!!). Só fico satisfeita quando tenho certeza que a pessoa gostou...se eu notar qualquer sinal de vacilo me sinto derrotada (então pessoas, quando eu der um presente sejam atrizes/atores globais e façam cara de quem gostou)!

O mais engraçado é que não sou assim quando ganho presente. Nem ligo para abrir na hora, não me sinto curiosa para saber o que é...coisa estranha!

Estou para receber uma encomenda que é um presente bem especial que comprei. Já tinha pensado nele há algum tempo, mas acabei não conseguindo providenciar antes. Mas, agora está vindo pra mim e já tem destino certo! E há todo um contexto por trás dele, uma expectativa. Só não vou estragar tudo antes, porque não tem como! Aliás...são dois ou três...ou mais...não sei ainda...estou arquitetando tudo! Depois volto para contar como foi, o que era e o que significavam!

Isso me lembra a história do peixinho beta. Só não pode ser um desastre como aquele...enfim.

----

Enquanto isso tocando no radinho...

terça-feira, 30 de julho de 2013

E lá vou eu preparar minha bagagem rumo à história sem sim! Ou melhor, vou pegar o trem para o fim da história! Sabe aquela que vai dar errado? Então, é nessa mesmo que vou investir pesado, por dois motivo: pra manter o padrão e porque eu já sei que vai dar zica!
Porque, se houver a menor chance de dar certo, eu vou pular fora! Mas, como todo contexto está gritando "furada", é nessa que eu vou!
É ridículo esse prazer de dizer "é, não deu certo, mais uma vez". Já sei que o discurso será esse, mas e daí? É pra lá que eu vou!
#Partiu#Me#Ferrar#Novamente

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Playlist

Vamos de música?

Ouvi as três primeiras hoje...há muito tempo que não escutava...






(Pela milésima vez é a melhor versão da Ana Carolina...quanta qualidade musical, amo demais!!!)



(Uma música super antiga que foi repaginada e ficou mais bonita que antes...amo demais²)

 *Ok, a lista começou boa e agora eu estraguei tudo com um hit chiclete, mas gente...grudou, fazer o que?

Deixa eu parar antes que solte um P-R-E-P-A-R-A!!
Não sabemos o que nos espera no futuro!
E ele está sempre tão próximo...
Não falo de longo prazo, em questões de minutos tudo muda.
Dormimos sãos e acordamos insanos
Tempo perdido,
Sonhos esquecidos,
Tantas preocupações que foram pro ralo junto com a vaidade e o ego...
E uma mente acelerada que não para um minuto
Tentando trazer de volta tudo que passou e, aparantemente, não tinha importância
O que será amanhã? Responda quem puder...

domingo, 21 de julho de 2013

Tenho um milhão de ideias
E mais de mil maneiras diferentes para colocá-las em prática
Mas tem também um incerteza que me faz jogar cada uma delas no esquecimento
E assim vou desistindo de uma a uma
Até o momento em que simplesmente deixarei "pra lá"
É chato ver a empolgação morrer
Estou tentando prende-la em mim
Mas ela está partindo com cada "não resposta"
Coisa estranha essa aproximação que afasta
De repente está ficando tudo mecânico
E se tornando uma obrigação que não quero cumprir...




Ouvindo mais a versão que a original...sem parar!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Empolgada com o que?


Sim e não! É a resposta para o que me pergunta "tá empolgada?"! No começo estava mais cheia de planos. Mas agora que a realidade voltou com tudo para minha vida já não tenho tanta empolgação, as expectativas estão morrendo dia após dia. E o que me leva a desapegar desde já é o fato de que dentro de um mês estarei dizendo adeus para algo que foi bom, mas está acabando...

domingo, 14 de julho de 2013

Fatos estranhos sobre mim

A última "moda" nos blogs é postar 15 coisas estranhas sobre si. 

Analisando de pertinho, as perguntas lembram um pouco o antigo caderno de perguntas que eram caprichados e tinham cerca de 30 questões. Já vi alguns mais ousados com 50. Dava até preguiça de responder!!!

Então, resolvi seguir a tag do momento e postar alguns fatos estranhos sobre mim. É, não interessa a ninguém, mas como o blog é meu, vou postar! A lista é enorme e sei que se perguntar aos meus amigos ela ficará ainda maior. Mas, vou postar as que eu percebo!

Tenho mania de lavar as mãos antes de tomar banho! Gente, não sei o motivo...mas, não consigo entrar no banho sem antes lavar as mãos!!! Também só consigo tomar banho de frente para o registro...

Quando o assunto é dormir há todo um ritual: beber água (várias vezes, até a hora de deitar de vez), sempre deitar com dois travesseiros (mesmo que após alguns minutos eu jogue  um pro lado), dormir completamente coberta mesmo no calor (vai dizer que vocês não tem medo do bicho papão puxar o pé??), manter o ventilador ligado mesmo no inverno.

Me irrita quando estou andando com uma amiga e a bolsa dela fica esbarrando em mim, sempre troco de lado ou peço para ela trocar a bolsa de lado! Essa é outra coisa que não sei explicar, só sei que, enquanto não acabo com a agonia da bolsa batendo em mim não consigo me concentrar em mais nada!

Outra "estranhice" é contar qualquer coisa quando estou parada em fila, engarrafamento, ponto de ônibus. Ex: Fila de banco = contar o piso! Sim pessoal, eu conto pisos, grades, azulejos, quadradinhos, cor sim cor não...qualquer coisa para passar o tempo!

Sempre sento do mesmo lado do ônibus, principalmente nos trajetos rotineiros. Fico aborrecida quando já tem gente no "meu lugar"! Adoro viajar dentro da viagem de ônibus ... minha mente voa no trajeto casa x trabalho! Sempre vou repassando histórias, criando o "se", projetando vários cenários! É quase a novela da vida que deveria ser vivida, na teoria é tão mais legal!

Adoro colocar muitas músicas na play list só pelo prazer de pular metade delas por não querer ouvir! Também adoro cozinhar me sentindo na Ana Maria Braga, ou seja, narrando o que estou fazendo, mesmo que só as panelas me ouçam! Não consigo manter minha escrivaninha organizada por mais de um dia! Não gosto de entrar de sapatos no quarto, também não consigo guardar todas as minhas roupas, há sempre umas três peças jogadas pelo quarto! Não sei usar agenda, já que escrevo para não esquecer e esqueço de consultar. Marco meus compromissos contando com o atraso. Leio a última página do livro antes de iniciar a leitura. Se estiver ao telefone com papel e caneta ao meu alcance vou desenhar coisas absurdas, normalmente quadrados interligados (tenho problemas com quadrados).

Pensando bem, não são tantas manias assim! Já vi piores!!! Será que preciso de um psicólogo? ha ha ha




quarta-feira, 10 de julho de 2013

Leitura do Mês - Garota Exemplar

Depois de abandonar "A última princesa", um livro que comprei em um Sebo de São Paulo. O livro começou muito bem, mas a história é cansativa!

Como ando muito cansada, apesar de ter voltado das férias há apenas 09 dias, resolvi optar por uma leitura mais leve, simples e interessante! Parti para o livro da fila: Garota Exemplar (Gillian Flynn - Intrínseca) que comprei na visita a Livraria Cultura! Não li nenhuma resenha a respeito, comprei pelo título e pela capa! Vai entender...

O livro não é tão simples quanto pensei, e isso está retardando minha leitura, mas estou amando! Resenha aqui para quem se interessar!

E eis, que ontem li um trecho muito interessante e resolvi compartilhar. 

"Apresente-me um homem com um pouco de determinação dentro dele, um homem que me aponte minhas babaquices. (Mas que também meio que goste das minhas babaquices). Mas ainda assim: não me coloque em um daqueles relacionamentos em que estamos sempre implicando um com o outro, disfarçando insultos como brincadeiras, olhando para o teto e discutindo "de brincadeira" na frente dos nossos amigos, tentando puxá-los para o nosso lado de uma discussão que não lhes interessa nem um pouco. Esses medonhos relacionamentos do se: Este casamento seria ótimo se... E você sente que a lista dos se é muito maior do que qualquer um dos dois se dá conta. (Página 38)."

Deixa eu voltar para leitura que está num ponto interessante! Amy sumiu!

terça-feira, 9 de julho de 2013

Dicionário com a linguagem infantil

Li essa matéria no site Catraca Livre e fiquei encantada com esse dicionário. Vou postar somente as palavras e suas traduções, toda matéria pode ser lida no site de origem:

 Adulto: Pessoa que em toda coisa que fala, fala primeiro dela mesma (Andrés Felipe Bedoya, 8 anos)
Ancião: É um homem que fica sentado o dia todo (Maryluz Arbeláez, 9 anos)
Água: Transparência que se pode tomar (Tatiana Ramírez, 7 anos)
Branco: O branco é uma cor que não pinta (Jonathan Ramírez, 11 anos)
Camponês: um camponês não tem casa, nem dinheiro. Somente seus filhos (Luis Alberto Ortiz, 8 anos)
Céu: De onde sai o dia (Duván Arnulfo Arango, 8 anos)
Colômbia: É uma partida de futebol (Diego Giraldo, 8 anos)
Dinheiro: Coisa de interesse para os outros com a qual se faz amigos e, sem ela, se faz inimigos (Ana María Noreña, 12 anos)
Deus: É o amor com cabelo grande e poderes (Ana Milena Hurtado, 5 anos)
Escuridão: É como o frescor da noite (Ana Cristina Henao, 8 anos)
Guerra: Gente que se mata por um pedaço de terra ou de paz (Juan Carlos Mejía, 11 anos)
Inveja: Atirar pedras nos amigos (Alejandro Tobón, 7 anos)
Igreja: Onde a pessoa vai perdoar Deus (Natalia Bueno, 7 anos)
Lua: É o que nos dá a noite (Leidy Johanna García, 8 anos)
Mãe: Mãe entende e depois vai dormir (Juan Alzate, 6 anos)
Paz: Quando a pessoa se perdoa (Juan Camilo Hurtado, 8 anos)
Sexo: É uma pessoa que se beija em cima da outra (Luisa Pates, 8 anos)
Solidão: Tristeza que dá na pessoa às vezes (Iván Darío López, 10 anos)
Tempo: Coisa que passa para lembrar (Jorge Armando, 8 anos)
Universo: Casa das estrelas (Carlos Gómez, 12 anos)

Violência: Parte ruim da paz (Sara Martínez, 7 anos).

Fonte: www.catracalivre.com.br

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Segundo Semestre Vem Com Tudo!

Chegou a hora de voltar a realidade, o cotidiano está vindo com tudo!


É hora de voltar a rotina de trabalho, casa, compromissos, 6x1, escala, pessoas, pessoas,pessoas! Encerro minhas férias mais cansada do que quando entrei. Termino os 30 dias um bagaço, mas feliz! Fiz quase tudo que planejei, terminei assuntos de maneira que não queria, lidei com coisas que não estava preparada. Conheci gente, deletei gente, inclui gente. Gente, gente, gente!


Foi o período de repouso remunerado mais doido da minha vida. Já passei férias sem fazer absolutamente nada, já passei férias curtindo só uma parte e "morgando" na outra. Já passei férias acampando, na praia, no campo! Esse ano passei férias circulando em tudo que foi canto! Rodei a Cidade quase toda!

Esse assunto já está me cansando, lotei o blog com o tema férias!!!

Mas, tirando as coisas excelentes e outras estranhas desse período não me resta mais nada! Agora começo uma nova etapa, sei que o segundo semestre desse ano promete em muitos sentidos! Há grandes coisas para acontecer, a expectativa está a mil! Tantas coisas no campo profissional! Em outras áreas...bem deixa pra lá! Estou tetando controlar o máximo meu nível de ansiedade para não dar "curto circuito" na minha cabecinha pensante!

Há tanta coisa que eu gostaria que acontecesse...sei que mais da metade não chegará perto das minhas expectativas, mesmo assim espero por elas!!!


"O que todos vão dizer
E aonde vão chegar
Nem os olhos podem ver"

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Bêbada de alegria!

Bêbada de alegria, já viu?
Fala o que quer e o que não quer!
Conta tudo e mais um pouco!
Estar de pilequinho de alegria por estar curtindo a vida,
No local desejado, com a pessoa esperada,
Ser surpreendido com atos simples e único!
Estar a vontade para ser você mesmo sem críticas ou análises
Ser leve, ser simples, ser você!
Estar solta, risonha ou séria
Sentir a leveza de agir sem ser analisada cientificamente
Sem ter um divã na sua sombra.
Chega de explicações demais
É de leveza que estou falando
A vida já é muito dura, séria e pesada por si só
Para ser levada tão ao pé da letra
Um pouco de ironia e sarcasmo não mata ninguém
Piada do cotidiano, muito menos!
Chega de seriedade, chega de verdades próprias,
Chega de barreiras impostas!
Vamos nos embriagar na simplicidade do ser,
Na felicidade de estar aonde se quer, de fazer o que se tem vontade,
Sem cobranças, sem pressão, sem amarras!


Uma musiquinha leve para esse período que só preciso de mais leveza!!

sábado, 29 de junho de 2013

Férias - Parte III (Final)

Continuação...

Casa Rosada / Catedral Metropolitana / Plaza de Mayo / Obelisco – Passeios rápidos, que valem a pena serem feitos de dia e a noite. A Casa Rosada iluminada é outra coisa! Linda demais. Lembrando que há muitas faixas de protestos em frente, o que nos deixa mais próximos do Brasil (risos)!!! A Catedral está em reforma, então a parte externa está coberta. Por dentro é bonita, mas está um pouco acabadinha, acredito que em breve terá restauração das pinturas que são lindas. Obelisco é igual a passar, foto, tchau.

Galeria Pacífico – Lindo , maravilho, deslumbrante e não andei nela toda!!! É lindo de ver! Dá vontade de ter uns 6 olhos para direcionar a todos os lados e ver todos os detalhes!!! Quero voltar!

Calle Florida – Levei 4 dias para falar “Cache Florida” rsrs. Enfim, pensa no Saara no Centro do Rio...então é essa rua, ou calle como dizem por lá! Com as diferenças: organização, limpeza e disposição das lojas. É que algumas lojas estão concentradas em galerias!! E há uma obra por toda Cidade e em boa parte da Florida tornando a caminhada quase impossível. Mesmo assim, “batemos perna”, andamos de ponta a ponta! Vale 2 dias de visita, pois é muita coisa para ver. Mais um adendo, cuidados com o “arbolitos” (cambistas mesmo). É sério, parece que estamos com uma placa “turista”, eles nos vêem e já começam com o “cambiar”. Não caiam nessa! O que não falta na cidade é Casa de Câmbio e o Banco Nacional (em frente a Casa Rosada)! É outro lugar que parece ponto turístico, pena que não dá pra ficar fotografando dentro do Banco!

Puerto Madero – Tive a oportunidade de conhecer a noite e de carro, sinceramente não teria ido de dia e de taxi! A impressão que dá é de que pobres não entram ali...e talvez seja verdade! Fizemos os típicos turistas mesmo, fomos até a Ponte La Mujer “sacamos” fotos e tchau! Mesmo porque, estava muito frio!!! Juro que ouvi um “pipipipi quando descemos do carro” rs.

Cafeteria Tortoni – A decepção da viagem! Gente, na boa, a Colombo do Centro do Rio deixa a Tortoni no chão! Em beleza, qualidade, atendimento, sabor! Fui seguir a dica do “chocolate com churros”, putz...não bebi todo chocolate e larguei o primeiro churros! Bem, tudo vale a pena em uma viagem, principalmente a primeira. Pode ser que algumas pessoas tenham gostado muito, mas eu não!  Fora que o garçom trouxe a conta num guardanapo com 10% de taxa! Como assim Brasil?!!!! Até então, não tinha visto isso por lá! Enfim, não gostei!

Livraria El Ateno - Não sei quantos quilômetros andei, mas foram alguns só para conhecer essa livraria, e valeu cada passo. O interior é lindo, dá pra passar o dia inteiro vendo cada prateleira, todos os detalhes! Queria muito um livro em espanhol, apesar de não falar nada e ler com a ajuda do "google tradutor", mas achei um do Fernando Pessoa com a página espelhada em português e espanhol! Amei! Fora que conhecemos parte da Av Santa Fé, entre outras “Calles”. Várias paradas para compras, lanches e guloseimas! Vale a pena visitar!!!

Palermo Soho - área de bares super bonita, pena que fomos numa segunda-feira, tudo vazio, acredito que no final de semana deve bombar!!! O Bar que fomos é bem alternativo, chame-se Cronico. Bom atendimento, pizza maravilhosa, cerveja gelada e preço justo!

Hotel Etoile – Muito bonito, bem decorado, atendimento bom na maior parte do tempo, café da manhã dos deuses (exceto o suco que não descobri do que era até hoje), ponto para medialunas sempre quentinhas, iogurte maravilhoso. Só tivemos problemas com o quarto que faltava uma cama e o recepcionista sacaninha sugerindo a divisão (#sóquenão)! Também havia toalhas a menos. Na verdade, preparam um quarto duplo quando seria o triplo. Depois de pedir pela segunda vez, recebemos a cama, mas não era o que esperava, queria uma maior. Fora isso, foram bastante solícitos com tudo o que precisamos e estavam sempre dispostos a ajudar. 
Outro detalhe são os banheiros...gente... colocaram um blindex em cima da banheira e aí para abrir a torneira você precisa ficar na direção do jato de água. Pensa no frio que fez essa semana, aquele jato frio na sua direção não é legal! Altos contorcionismos para abrir e fechar a água. Outra coisa engraçada, o Hotel tem um comunicado que te dá a opção de não trocar seu lençol, o motivo? Economia de água, ajudar o planeta!! Ok, mas notei que não trocaram o meu lençol, mesmo que eu não tenha deixado recado algum. Outro detalhe, a pia do banheiro não fechava completamente, então a água que poderiam lavar meu lençol, estavam jogando fora pelo ralo da (rs). Também não gostei do fato de não ter tv a cabo. O wifi funcionou muito bem no meu andar, já no andar que o outro grupo ficou, não funcionava! Alguns dias, parecia que a camareira estava com preguiça de forrar a cama, quando tirava a colcha o lençol estava embolado! Até eu com sono deixo mais esticadinho. Numa análise geral, nota 7 para o hotel. Eles poderiam estar mais atentos aos detalhes.

Acho que foi isso. Certamente estão faltando coisas aí, mas não consigo lembrar!!!

Dicas:

* Aprenda a falar o nome da rua que quer ir. Tente conseguir um mapa para se situar, vá com todos os objetivos de passeios definidos, não perca tempo! Se é longe, pegue um taxi, o que não falta na Cidade é taxi, lembrando, saiba para onde quer ir, não vi o pessoal usando GPS ou muito ligado a endereços. Não tenha medo de andar pela Cidade, vale a pena, é tudo novo!! E mais uma vez, se for muito longe, táxi!!!

* Tenham cuidado com seus pertences, bolsas sempre junto, andar de mochila é complicado, por que nem sempre dá pra deixar nas costas, assim como fazemos aqui. A diferença é que você não consegue identificar um trombadinha argentino como identifica na sua própria cidade.

* Facilite sua vida trocando todo dinheiro necessário no aeroporto, achei mais seguro, melhor que entrar em um banco com maior cara de turistão e pedir para ser assaltado! Ah, e lembre-se de guardar o comprovante da troca, pois vai precisar caso tente fazer o cambio do que sobrou (se é que vai sobrar algo). Em muitos lugares aceitam reais, no entanto, é preciso estar atento ao câmbio que estão utilizando! Facilite mais a sua vida, cartão de crédito ou débito. Particularmente, acho as taxas altas e só compensa para grandes compras.

* Achei tudo muito caro...sempre muitos “pesos”, mas a economia do país não anda muito boa, então se explica. De começo levei um susto, mas logo compreendi.

* Compras: Gostou e o preço é justo, compre! Você não vai mais voltar à loja ou simplesmente não vai mais achá-la!

* E sabe aquela impressão que tentam passar sobre os "hermanos" serem mal humorados e tal? Não é bem assim, acontece que a brasileirada quer chegar lá falando português cheio de gírias, sotaques e afins, e quer ser compreendido. Se você se esforçar um pouco para se fazer entender, sempre com cordialidade, não terá problema algum! Fomos muito bem recebidos por onde passamos. É claro que aqui o povo gosta de uma bagunça e parece macaco de circo que faz festa pra qualquer um, talvez lá sejam mais reservados, mas são extremamente educados! Amei!

Tive muita sorte de ter um amigo local dando suporte o tempo todo, me senti mais segura do que estava fazendo, mesmo quando estava perdida! No entanto, se tudo estiver traçado e definido, fica mais fácil se divertir e aproveitar muito a Cidade.

Se estiver esperando muito tempo para ir, programe-se para ficar pelo menos 5 dias completos ou mais! Há muito para fazer e aproveitar! Infelizmente não consegui conhecer o Zoo de Lujan, que era o principal passeio que gostaria de fazer. No entanto, todos os dias valeram super a pena! Agora é esperar o próximo período de férias e tentar aproveitar tanto quanto este ano!

E a realidade logo vem bater feito uma pedra sobre minha cabeça! As minhas férias acabaram, mas as escolares estão chegando com tudo e é agora que o meu trabalho começa! Dia 1/7 o período de princesa acaba e começa o de gata borralheira por mais um longo ano!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Férias - Parte II


Não sei por onde começar a contar sobre essa viagem...talvez pela parte que fiquei com a ideia fixa de que seria esse ano, ou quando comecei a pesquisar as passagens, talvez tenha sido quando entrei num chat Argentino para me ambientar, ou quando as passagens baixaram e comprei correndo e deixei todos os envolvidos desesperados, ou quando fechamos o grupo em cinco pessoas?? Vamos do começo!

Foram meses de pesquisa, leitura de blogs, dúvidas sobre hotel, localização, quantidade de quartos, divisão dos quartos, enfim, mil e uma questões. Sempre que viajo fico com as mesmas “neuras”, quero olhar tudo antes a ponto de enjoar de falar sobre o assunto! E no meio desse turbilhão, ainda fiz um grande amigo “hermano”, Carlos.

Os meses que antecederam a viagem foram de pura expectativa, mas parecia tão distante que fiquei desesperada quando o grande dia chegou!

O que posso dizer sobre Buenos Aires? Bem, a experiência é única para cada pessoa, cada um vai com um propósito. O meu era conhecer a Cidade além dos pontos turísticos, tanto é que alguns não me chamaram a mínima atenção. Vou tentar relatar o que conseguir ver e conhecer:

Cemitério da Recoleta -  um dos pontos turísticos que não me atraiu, passei 5 dias em frente e não cheguei perto. Ficamos no Hotel Etoile (que até hoje não consigo pronunciar corretamente) bem em frente ao Cemitério. Bem, cemitério é cemitério em qualquer lugar e não me atrai, mas não posso negar que é tudo bem cuidado e limpinho! O bairro da Recoleta é um show a parte, é mais elitizado e não reflete muito bem a realidade da Cidade. É totalmente para turista ver, desde as lojas, restaurantes e afins, tudo para turista! O que facilitou nossa vida, tudo muito próximo, inclusive Freddo e Havana na porta!

Show de Tango: Li em vários blogs que os grandes shows são chatos, muito voltado para o balé e não representam o Tango Tradicional. Mas, estava animada para assistir ao show, principalmente por que o Carlos havia recomendado, e conseguiu entradas para todo o grupo! Fomos ao Tango Porteño ,o show foi lindo demais! Realmente há muito de teatro e bale na apresentação, mas nada que tire a beleza do show. Achei lindos os funcionários da recepção caracterizados, tivemos a oportunidade de assistir o espetáculo com o elenco principal com direito a “Maria de Buenos Aires”! A orquestra que acompanha toda apresentação é demais! E os bailarinos também cantam...dá pra não gostar?

Shopping Recoleta Mall – Definido como um Fashion Mall...só lojas que não vamos comprar! Poucas opções de alimentação;


Bosques de Palermo - Jardim Japonês / El Rosedal / Planetário / Plaza Naciones Unidas (Parque de La Flor) / Zoo  – Vá a todos com muita paciência e atenção para observar e absorver tudo! São todos lindos, mesmo no inverno, acredito que na Primavera seja esplêndido! Fomos no domingo, céu azul, frio, muita gente nos parques se exercitando, o pessoal passeando com cachorros, crianças, enfim, típico parque. Fiz Jardim Japonês, Rosedal e Parque de La Flor a pé! É extremamente cansativo, mas se você fizer a sequência certa (Parque de La Flor, Planetário, Rosedal e Jardim Japonês), dá para fazer os 4 passeios em um dia de caminhada, mas prepare-se, não vai encontrar grandes opções gastronômicas no caminho! Bateu fominha? Pegue um taxi, vá até a parte principal da Recoleta, coma e volte! Taxi ainda é barato por lá e vale a pena! E no meio do caminho não deixe de ver a grandiosidade da Faculdade de Direito e Ciências Sociais! Ah sim, o Zoo, não vale muito a pena, já que está bem largadinho!

City Tour de Buzão – Bem próximo ao hotel havia uma cabine com venda de bilhetes para o City Tour, gostamos da idéia já que seria possível descer do ônibus e pegar outro a qualquer momento até o dia seguinte. O passeio vale a pena por te levar a lugares que talvez não iria sem esse meio de transporte, no entanto, deixou muito a desejar: a guia não falava português, também não explicava muitas coisas que perguntávamos sobre localização e pontos de partida, aliás, nem olhava pra trás, colocou o cd com áudio padrão e deixou rolar! Várias vezes a sincronia do áudio não estava de acordo com o lugar que passamos! O turista desce no meio do nada sem saber pra onde ir, já que não havia mapas no ônibus, outro ponto negativo. Custou cerca de $ 120 pesos, caro, esperava um pouco mais. Porém, conseguimos ir a vários pontos em apenas um dia! Confesso que alguns não vale a descida, como o estádio do Boca, outros já valeram o dia como o Caminito! Aproveitamos o tour para nos achar na cidade e voltar em alguns pontos no dia seguinte.

San Telmo – Só vá se for no domingo já que a tão comentada feira só rola nesse dia! Caso contrário, não perca tempo. Achei esquisito e aparentemente perigoso!

Caminito – O espaço é pequeno, são duas ruas com poucas coisas para ver, mas o é agradável demais. Ficamos loucos na galeria logo na chegada!!! Esqueci o nome da lojinha de bolsas de couro, que vendedora simpática!! Ainda ganhamos um brinde! Amei o atendimento e a paciência que ela teve, por que ficamos cerca de 1h decidindo o que levar e jogando conversa fora em “portunhol”. Amamos! Todas as lojas que fomos o atendimento foi de primeira! Só vale ficar atento ao pessoal que quer “cambiar” com taxas super atrativas, ou vem nota falsa ou vem golpe! Não se sintam tentados!!

(Continua...)