terça-feira, 14 de outubro de 2014

Família...família

É muito complicado crescer numa família aonde não há o costume e a delicadeza da palavra "desculpa".  Com o tempo começa a fazer muita falta e por não se ter o hábito de usá-la, torna-se obsoleta e desconhecida. É super difícil viver toda sua vida não demonstrando sentimentos, escondendo quem você realmente é e o que te faz sorrir.

Hoje quando vejo meus familiares falando uns dos outro, julgando seu modo de vida, como levam seus dias e apontando o dedo para o outro como se fossem os donos da razão e do bom senso eu sempre penso "e daí? Ela(e) está vivendo como quer, sem rótulos, sem vergonha e sendo feliz a sua maneira, danem-se vocês". 

E nessa mesma família vejo várias pessoas que deixaram a felicidade passar por medo do que os outros iriam pensar, famílias que não foram formadas por que " o que diriam minhas tias?". Na boa, ninguém tem nada a ver com a sua vida. No final das contas é tudo sobre você, depois de alguns anos e/ou décadas toda pose será jogada no lixo e será só você e seus traumas e arrependimentos.

Sendo assim, há muito tempo larguei o "danem-se", só eu sei o que vivo, como vivo, como são meus dias, as poucas glórias e as muitas lutas, ninguém vem aqui me carregar no colo e lutar por mim, então na boa, não enche!

Esses dias tive a oportunidade de reencontrar familiares que não via há pelo menos 15 anos. Nossa, fiquei tão animada por saber que até os que tinham tudo para dar errado, deram certo! E nessa mesma oportunidade pude ver como as pessoas podem ser mesquinhas e falsas. Era um momento de celebração, alegria, comemoração de mais um ano de vida e o motivo da reunião era para compartilhar a alegria daquela família e aí que as cobrinhas aproveitam para dar o bote!! É por essas e outras que raramente vou a eventos familiares.

Chega dessa coisa de família e parentes. Infelizmente não temos a oportunidade de escolhê-los, então temos que aguentar e conviver. Mas se tem uma coisa que podemos aprender com parentes é que aqui se faz, aqui se paga. E tendo aprendido isto, pode ter certeza que será aplicado a tudo mais na vida.


Um comentário:

  1. Por um mundo que a gente tivesse a opção: Escolher família.

    ResponderExcluir

Gostou? Então comente! Não gostou? Comente também!